edv-diary
Já me encontrei vagando por aí diversas vezes. Já te procurei por todos os cantos dessa cidade e nada se compara com aquele primeiro olhar. Nada se compara com o segundo olhar. Nem com o terceiro e o quarto.
Finalmente a sua voz havia combinado com o seu rosto e aquele sorriso. Putz aquele sorriso me desarma.
Pude ver como você fica sério quando esta zangado comigo. E como coloca a mão na testa se escondendo de mim quando eu te deixo com vergonha.
É linda aquela sua cara de bobo babão enquanto fica me olhando.
Sabe eu estou viciada em te ler, ler seus sinais e seus movimentos.
É tão gostoso te olhar e te ver, é tão gostoso poder saber sua reação para tudo.
É como se eu tivesse esperado por isso a minha vida inteira, é como se finalmente eu estivesse começando a ter tudo que eu sempre quis.
E aqui dentro esta a contagem regressiva, onde essa espera esta pra acabar e eu finalmente vou te abraçar.
Todo mundo tem um conto de falhas (via edv-diary)
o-mundo-de-uma-garota-imperfeita
Ela tem uma risada incrível. E sem querer ser um babaca, mas ela tem tudo pra ser perfeita. Mas não é, claro. Ela tem mil idiotices e chatices na bagagem. E ela tem medo de tudo. Tem um ar de menina independente, que não precisa de ninguém. Mas quando tá no escuro, ainda pede pra alguém abrir um pouquinho a porta e deixar a luz entrar. Ela tem vergonha até de ligar pra pizzaria pra pedir uma pizza, cara. Quem no mundo é assim? Mas ela é tão indiferente, que a minha diferença não afeta ela em nada. Eu acho que ela pode ser o mundo inteiro se ela quiser. E ela é teimosa. E guarda rancor na mala. Ela sabe perdoar, mas precisa de umas aulinhas de como esquecer. Quando ela desiste ou acha que sabe de tudo, não tem jeito. Meu Deus, que mania insuportável que ela tem de achar que pode burlar tudo o que mandam ela fazer. Porque ela nunca tá satisfeita com nada. Nadinha.
Robin and Stubb. (via delator)